Presença de Metano em Marte.

Os cientistas estão cada vez mais perto de descobrir se existe ou se existiu, algum dia, vida em Marte.

A NASA anunciou nesta terça-feira, 17 de Dezembro, que o robô americanozqv1r16193021 Curiosity encontrou na química do planeta vermelho a forma de compostos orgânicos e metano. O estudo foi feito a partir de 20 meses de dados durante os quais o robô percorreu a cratera de Gale, próximo ao equador marciano.

Os compostos orgânicos são indícios de vida no passado, a milhões de anos atrás. Constituídos normalmente de carbono e hidrogênio, elementos básicos para a existência de vida, são provenientes de uma rocha chamada Cumberland. E a presença de Metano indica que pode haver vida em atividade no planeta Marte.

Danny Glavin, um cientista que trabalha na equipe científica do Curiosity, afirma: “Nós não podemos descartar a possibilidade de vida em Marte. É realmente emocionante! Há outras explicações, é claro. Eles poderiam vir de asteroides ou cometas, ou reações não biológicas.”

“Mas a outra possibilidade é que nós estamos olhando para a impressão digital química de uma biotia marciana que morreu.”

O próximo passo para detectar se os resultados orgânicos não indicam vida, é um experimento que permite direcionar moléculas que são importantes para a vida na Terra como aminoácidos e as bases que compõem o nosso DNA.

1390492028000-rover012314-001

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s