Hubble Observa um Berçário Galáctico

Esta imagem dramática mostra a visão do Telescópio Hubble da galáxia anã conhecida como NGC 1140, que fica há 60 milhões de anos-luz da constelação da Eridanus. Como pode ser visto nesta imagem, a NGC1140 tem uma forma irregular, como a Grande Nuvem de Magalhães (LMC – Large Magellanic Cloud) – uma pequena galáxia que orbita a Via Láctea.

Esta pequena galáxia está passando pelo fenômeno conhecido como ‘Starburst’ – papo longo, provavelmente, para uma futura postagem, mas, significa que esta galáxia é um grande berço de estrelas: está em um processo intenso de formação estelar causado, geralmente, da colisão ‘recente’ com outra galáxia.

Ainda que seja dez vezes menor que a Via Láctea, ela está criando estrelas na mesma velocidade, com o equivalente à uma estrela do tamanho do nosso sol por ano. Isto é visível claramente na imagem, onde é exibida a galáxia iluminada por estrelas azuis claras, brilhantes e jovens.

Galáxias como a NGC 1140 – pequenas, em Starburst e contendo grandes quantidades de gás primordial com bem menos elementos pesados como o hidrogênio e o hélio presentes em nosso sol – são de particular interesse para os Astrônomos. Suas composições fazem com que sejam similares às galáxias formadoras de estrelas do início do universo. Estas galáxias primitivas foram os blocos de construção das grandes galáxias atuais como a nossa galáxia, a Via Láctea. Mas, como estas galáxias estão muito distantes de nosso sistema, dificultando o estudo, estas galáxias mais próximas em Starburst são ótimas substitutas para entendermos melhor a evolução das galáxias.

A formação vigorosa de estrelas terá um efeito muito destrutivo nesta pequena galáxia anã no futuro. Quando as estrelas maiores morrerem e explodirem como uma Supernova, gás será expelido para o espaço e, provavelmente, escapará facilmente do empuxo gravitacional da galáxia. Esta perda de matéria, resultará na redução do potencial para formação de futuras estrelas, já que estes gases representam um dos blocos principais na construção de estrelas. O Starburst da galáxia NGC1140 não irá durar por muito tempo.

Fonte: Nasa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s