SpaceX ativa o serviço de internet Starlink na Ucrânia

Como vocês devem saber, recentemente a Rússia entrou em guerra contra a Ucrânia. De acordo com a agência Reuters, monitores alertaram que a conectividade da internet na Ucrânia foi afetada pela guerra, sobretudo nas partes sul e leste do país, onde ocorreram combates mais intensos.

No último sábado (26), o Vice Primeiro Ministro da Ucrânia e Ministro da Transformação Digital, Mykhailo Fedorov, enviou um tweet para o bilionário e CEO da SpaceX – Elon Musk, solicitando o fornecimento de estações Starlink para a Ucrânia.

Enquanto você tenta colonizar Marte — a Rússia tenta ocupar a Ucrânia! Enquanto seus foguetes pousam com sucesso do espaço, foguetes russos atacam civis ucranianos! Pedimos que você forneça à Ucrânia estações Starlink e incentive russos sensatos a se oporem [ao conflito]”escreveu o governante.

O pedido foi prontamente atendido por Elon Musk, que também usou o Twitter para informar sobre a ativação do serviço Starlink na Ucrânia, e a entrega de mais terminais no dia 28 de Fevereiro. De acordo com um relatório publicado por um usuário chamado Oleg Kutkov, eles estão realmente fornecendo internet independente da infraestrutura local.

“O serviço Starlink agora está ativo na Ucrânia. Mais terminais a caminho”respondeu Elon Musk, CEO da Space X.

Chegada dos Terminais Starlink na Ucrânia no dia 28 de Fevereiro de 2022 — Créditos a imagem: Mykhailo Fedorov

Durante um conflito como este, atacar a infraestrutura de internet é parte de uma estratégia que visa controlar o fluxo de informações dificultando que as pessoas obtenham acesso a serviços e informações vitais para a sua própria segurança.

Os satélites Starlink são capazes de oferecer acesso rápido à internet em qualquer lugar do mundo. A rede Starlink foi projetada para oferecer velocidades de download de até 1 gigabit (128 megabytes) por segundo, com latências entre 25 ms e 35 ms. A internet é acessada usando uma antena parabólica colocada no local ou nas proximidades onde o serviço é necessário.

Mais uma vez, parabéns a SpaceX! Para saber mais sobre os satélites Starlink é só clicar aqui!

Deixe uma resposta