Uma pedra na roda do rover Perseverance da NASA

Tinha uma pedra no meio do caminho, no meio do caminho tinha uma pedra…

A poesia é muito bonita, mas na prática ter uma pedra no meio do caminho não é algo muito legal né? Principalmente para o rover Perseverance, da NASA, que está ha 4 meses carregando uma pedra em sua roda dianteira esquerda.

Desde que pegou uma carona, a pequena pedra foi transportada por mais de 8,5 km.

Apesar de não causar nenhum dano, a pedrinha fez algumas aparições nas imagens divulgadas pela NASA:

Mars Perseverance Sol 449 – Câmera Frontal Esquerda de Prevenção de Perigos: A mesma pedra ainda na roda dianteira esquerda do rover no sol 449, imagem adquirida em 26 de maio de 2022 (Sol 449). Créditos:  NASA/JPL-Caltech

Não foi a primeira vez

Parece que pedras no caminho fazem parte da vida de um rover marciano. Cerca de 18 anos atrás, uma pedra do tamanho de uma batata, pegou carona na roda traseira direita do rover Spirit e teve que ser desalojada. Frequentemente, o rover Curiosity, também recebe pedras em sua roda dianteira direita.

Não sabemos exatamente por quanto tempo essas rochas permanecem, mas geralmente depois de algumas semanas elas acabam rolando de volta para o solo. No caso do rover Perseverance, já se passaram meses, e isso é um recorde!

Como mostra a imagem abaixo, a pedrinha de estimação do rover Perseverance teve ótimas vistas de Kodiak, um remanescente do delta, ao longo de suas viagens:

Pedra na roda do rover perseverance em marte.
Mars Perseverance Sol 413 – Frente Esquerda Câmera de Prevenção de Perigos.
Imagem tirada com a câmera frontal esquerda Haz Avoidance (Hazcam), adquirida em 19 de abril de 2022 (Sol 413). Créditos:  NASA/JPL-Caltech.

Ficou curioso para saber onde a pedra de estimação do rover Perseverance terminará a sua jornada? Então não perca as notícias aqui do Papo Astronômico, e também nos siga nas redes sociais!

Fonte: mars.nasa.gov

Deixe uma resposta